Equipamentos do Tchoukball

Vou tentar explicar um pouco mais sobre os equipamentos utilizados para praticar o Tchoukball.

Começaremos pelo mais simples: a bola. Como o professor Archimedes disse no vídeo sobre o Tchoukball (caso você não tenha visto o vídeo ainda, clique aqui), a bola desse esporte é nada mais do que uma de Handebol escrito “Tchoukball” porque a especificação é a mesma. O que difere são os revestimento das bolas em determinados países.

Por exemplo, em Taiwan, a bola de Tchoukball é de borracha. Já Suiça, considerada pelo Archimedes a melhor bola para se jogar o esporte, possui características similares a bola de Handebol. Na Itália, a fábrica de bolas Mondo resolveu criar a linha de Tchoukball. Porém, para início de prática do esporte, é importante começar com uma bola, independentemente de sua especificação (seja ela parecida com a de handebol, uma de borracha ou de voleibol, etc.).

Segundo ponto: joelheiras. Senti na pele (literalmente) a falta de um par durante a prática. Resultado: joelhos ralados. Portanto, na hora de adquirir, procure sempre o conforto aliado à proteção. Quem se sentir confortável com cotoveleiras, poderá utilizar sem problema nenhum.

Como o último equipamento, deixei o quadro de remissão. Segundo às normas da FITB (Federação Internacional de Tchoukball), este quadro possui 1×1 m, com estrutura de aço, elásticos bastante resistentes e inclinado à 55º em relação ao solo. Mas por quê raios possui essa inclinação?

Olha, infelizmente não consegui uma explicação concreta sobre isso. Não encontrei o livro do Dr. Hermann Brandt que mostra o porquê dessa inclinação. Porém, eu imagino que seja um tipo de angulação que permite que a bola não suba muito. Pensando que o trajeto da bola forma um ângulo de 90° quando bate no quadro, a inclinação de 55° permite que a bola, se arremessada corretamente, vá para baixo, o suficiente para superar o raio de 3 metros da área. Será que estou certo?

Se você tiver alguma referência em relação à angulação do quadro de remissão, por favor me avise. Estou bastante curioso sobre este assunto.

Siga-me nas redes sociais e se inscreva no meu canal do YouTube:

Facebook | Twitter | Instagram | YouTube

contato@omultiatleta.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *